Simplificação que gera resultados

Há uma lacuna entre o discurso e a realidade dentro das organizações. Em muitos casos coisas simples que vão ao encontro das aspirações das pessoas não são levadas em conta. Há um turbilhão de novos conceitos e discursos inovadores que, dado a sua complexidade e a cultura organizacional, não são implementados. É possível ter organizações competitivas com ideias simples e de fácil aplicação e assimilação? Por que muitas organizações não percebem o óbvio?